Monthly Archives: Maio 2016

As Taças de Som

Padrão

 

As Taças de Som, chamadas também as Taças Tibetanas, tem origem na Ásia, sobretudo no Japão, China ,Tailândia e região dos Himalaias. É de supor que existem taças de som desde que o Homem começou a trabalhar o metal (aprox. a partir de 4000 a.C)

Sendo instrumentos ancestrais com propriedades sonoras únicas, são manufacturadas e compostas por várias ligas de metais. Predomina o Bronze de alta qualidade que é enriquecido, pelo método tradicional, com outros metais  tais como ferro, ferro dos meteoritos dos Himalaias, mercúrio, zinco, bismuto, pyrit, chumbo, brilho de chumbo, para além do ouro e prata que fazem delas instrumentos mágicos e únicos.

Os sons  com frequências únicas de acordo com o toque, emitem vibrações que actuam directa e indirectamente no organismo humano, provocando um relaxamento profundo, induzindo um equilíbrio energético que pode desencadear o processo de cura e conduzir ao bem-estar físico, mental e emocional.

Estas taças sempre foram usadas para diversos fins: rituais religiosos, terapia, comer e cozinhar. Só há poucas décadas é que o ocidente começou a descobrir os encantos/poder destes sons!

As taças estão muito associadas às imagens de Buda Shakyamuni e à noção budista de vacuidade. O som  é vibração e, por isso, é desprovido de qualquer conteúdo. O som é, por si só, uma lição de desapego – pode ser ouvido, mas não pode ser possuído, pois rapidamente desaparece no silêncio.

Propriedades:

– Desbloqueios ao nível físico e emocional

– Massaja suavemente e harmoniza cada célula do corpo

– Cria fluxo energético

– Influencia a auto-estima e o poder criativo

– Fortalece as forças da auto-cura e bem-estar

– Une harmonicamente o espírito e a alma

Anúncios